Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mitos e Verdades Sobre Cabelos


 

Você já deve ter ouvido algum conselho de “comadre” sobre o que deve ou não fazer com os cabelos para que cresçam bonitos e sadios. 

Mas vá com calma, veja antes a opinião dos especialistas...

Mitos e verdades sobre os cabelos

Para ter cabelos bonitos e saudáveis é preciso cuidados diários, a começar pela alimentação, que deve ser rica em proteínas (carnes, aves, peixes, leites e derivados), ter pouca gordura e bastante líquidos (pelo menos oito copos por dia). 

Saiba que o uso de produtos adequados para cada tipo de cabelo ajuda a manter a beleza das suas madeixas, mas também é necessário esclarecer alguns mitos e crendices sobre o assunto.

O primeiro deles é de que você não pode lavar os cabelos todos os dias. “Vivemos em um país tropical, não há mal algum em lavá-los diariamente.
A lavagem deve ser suave, sem massagens bruscas, com xampu apropriado para cada tipo de cabelo e couro cabeludo e, de preferência, com água morna (até 20 graus)”, orienta Luciano Barsanti, diretor médico e tricologista (especialista em cabelos e couro cabeludo) do Instituto do Cabelo.
Barsanti esclarece, também, que não existe raiz oleosa e cabelo seco. 
“O óleo eliminado pelas glândulas sebáceas escorre no couro cabeludo. 
Nos fios ondulados, a lubrificação não consegue acompanhar as ondas. 
Os cabelos grossos e crespos parecem mais secos. Já nos cabelos mais finos e lisos, a oleosidade é mais visível”.

Fatores externos infuenciam na oleosidade

Essa oleosidade do couro cabeludo é genética, mas também pode ser ativada por fatores externos, como estresse, ansiedade, cansaço, angústia, depressão e ingestão excessiva de açúcares, além de lavagens com água quente e excesso de pressão. 
A grande quantidade de oleosidade pode provocar uma inflamação do couro cabeludo, chamada de dermatite seborréica (a caspa), que precisa de tratamento adequado.
A caspa é resultado desse excesso de oleosidade associado a uma descamação do couro cabeludo. “É a mistura de óleo com as células mortas em excesso”, explica Barsanti. 
Quando muita, a descamação favorece a infecção ou contaminação por fungo, o que pode levar a complicações.
A dermatite seborréica piora no inverno, devido ao excesso de agasalho, banhos quentes, ingestão de carboidratos e açúcares. 
“É mais um mito achar que a caspa é contagiosa”, lembra o tricologista. 
O tratamento exige uma análise profunda após exames clínicos e laboratoriais, além do uso de xampu adequado para os fios e o couro, para equilibrar a oleosidade.

Proteja os cabelos

“O cabelo tem uma importância psicossocial muito grande, portanto deve ser tratado como parte integrante do corpo”, alerta Valcinir Bedin, dermatologista e diretor do Instituto de Pesquisa e Tratamento do Cabelo e da Pele (IPTCP).



Veja algumas dicas de como você pode cuidar dos cabelos:
  • As regras de higiene para os cabelos são como as dentais: assim como a escova de dente, você não deve usar nos fios acessórios de outras pessoas;
  • Em atividades ao ar livre sob o sol, proteja os fios e o couro cabeludo com chapéus e bonés;
  • Evite o uso de chapinhas, tiaras, grampos, rabos de cavalo, bandanas e bonés (apenas sob o sol);
  • Não escove repetidamente os cabelos, isso danifica os fios;
  • O melhor filtro para pele e couro cabeludo é a sombra. “Não aplique filtro solar no couro cabeludo. Sob o sol use um boné ou uma sombrinha”, diz Barsanti;
  • Opte por produtos finalizadores (gloss, pomada, leave-in) com filtro solar, como os leave-in (sem enxágue), use exclusivamente nos fios e sem exagero;
  • Use o secador 30 cm distante da cabeça e sempre com temperatura intermediária ou fria, nunca no máximo, pois aumenta a oleosidade e queima os fios;
  • O uso do condicionador deve ser exclusivo nos fios e longe do couro. “Tudo o que é bom para couro cabeludo é bom para fio, mas nem tudo que é bom para o cabelo é, também, para o couro”, esclarece o médico.
Mitos: fuja deles
  • Colocar pílulas anticoncepcionais no xampu ou ampolas de vitamina é mito, não resolvem nada e ainda alteram a fórmula original;
  • Raspar os cabelos para crescerem mais fortes;
  • Cortar os fios apenas na lua cheia para que cresçam mais rápido ou que na lua minguante eles crescem menos;
  • Cortar as pontas com freqüência não ajuda o cabelo a crescer mais rápido. “Cabelo não é planta e não precisa ser podado. Cortar as pontas quando elas estão duplicadas vai deixar os cabelos com aspecto mais bonito, apenas isso”, orienta o dermatologista;
  • Tinturas, quando usadas corretamente e com intervalos de 30 dias, não fazem cair o cabelo;
  • Cabelo branco não é mais forte, é igual ao natural, apenas não tem o pigmento. Arrancá-los não faz nascer mais fios brancos, a pessoa só vai ficar com fios a menos;
  • Usar gel não prejudica os fios. “Evite dormir com gel nos cabelos, pois ficam endurecidos e podem quebrar com mais facilidade”, ensina Barsanti;
  • Durante gravidez, os cabelos não caem. Na verdade eles ficam melhores e em maior quantidade;
  • Escovar os cabelos por, pelo menos, 100 vezes para que fique mais bonito. “Isso só vai cansar o braço”, brinca Bedin.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

FAÇA SEMPRE O TESTE EM UMA PEQUENA MECHA, É OBRIGATÓRIO REALIZAR UM TESTE PRÉVIO PARA DETERMINAR SE O FIO POSSUI RESISTÊNCIA PARA SER SUBMETIDO A QUALQUER TIPO DE PROCEDIMENTO, CADA CABELO APRESENTA UM GRAU DE RESPOSTA DIFERENTE PARA CADA TRATAMENTO, NÃO IMPORTA SE OS SEUS FIOS FOREM VIRGENS. OU SE FOR APENAS UM RETOQUE DE UMA QUÍMICA APLICADA SEMPRE.